Just another WordPress.com site

Últimas

Saudades

Hj ouvindo a música “Ao teu encontro” da Eliana Ribeiro me bateu uma grande Saudade de um Amigão e Irmão…o Luiz.
Bons momentos passamos durante a nossa Missão no Ministéro de Música Maria Nossa Mãe (MNM) lá em Maceió… Momentos que se eternizaram e marcaram nossa história…momentos até mesmo que ficavámos nois dois Adorando o Senhor, eu sempre pedia pra ele tocar essa música e ele a tocava muito bem…ah, como Deus me falava naqueles breves momentos… e hj a Saudade bateu, a lágrima rolou…Deus remexeu algumas lembranças (e que bom) boas lembranças…
Peço a Deus que abençoe a este amigo que tanto quero bem… SAUDADES DEDEU!

Amigos… expressão de Amor de Deus!

Este final de semana foi muito movimentado! Estamos em Festa: 10 anos de nossa paróquia e dentro desta festa a nossa juventude assumiu a Missa deste ultimo sábado… e que sábado!
Pela manhã ensaio, a tarde ensaio, a noite apresentações!!! Nossos jovens estão de parabéns pelo bom desempenho na liturgia assumida…
Ao longo desses 10 anos de caminhada paroquial foram realizados 7 edições do TLC e 6 edições do Barzinho de Maria, sem dúvidas, foram momentos de graça em nossa paroquial…agora queremos mergulhar em àguas mais profundas. É novo tempo, tempo esse que o Senhor fará nova todas as coisas!
Sabemos que o Senhor tem muito mais para realizar no meio de nossa juventude, assim pedimos a Deus que realize em todos nós o seu querer… desejamos como jovens sonhar os sonhos de Deus para nós, não apenas sonhar, mais vivê-los…por a “cara à tapa” e realizar a vontade de Deus.
Que Deus continue suscitando em nossa paróquia uma juventude com ardor missionário, que expresse com palavras, gestos e atitudes seu amor e fidelidade à Cristo e a sua Igreja.

Homenagem a todos os Sacerdotes

O Video abaixo traz o hino que é cantado para a Celebração da Ordenação Sacerdotal. Belíssimo Hino.

Encerramento do Ano Sacerdotal

O Papa Bento XVI convocou por ocasião dos 150 anos da morte do Santo Cura d’Ars, João Maria Vianney, que de 19 de junho de 2009 a 11 de junho de 2010, se realize um especial Ano Sacerdotal, que terá como tema: “Fidelidade de Cristo, fidelidade do sacerdote”.
O Santo Padre abriu este Ano presidindo a celebração das Vésperas, em 19 de junho de 2009, solenidade do Santíssimo Coração de Jesus e Dia de santificação sacerdotal, na presença da relíquia de Cura d’Ars trazida pelo Bispo de Belley-Ars. Bento XVI encerrará o Ano em 11 de junho de 2010, participando de um “Encontro Mundial Sacerdotal” na Praça S. Pedro.
Durante este Ano jubilar, Bento XVI proclamará São João Maria Vianney “Padroeiro de todos os sacerdotes do mundo”. Além disso, será publicado o “Diretório para os Confessores e os Diretos Espirituais”, junto a uma coletânea de textos do Santo Padre sobre temas essenciais da vida e da missão sacerdotal na época atual. A finalidade deste Ano é ressaltar sempre a importância do papel e da missão do sacerdote na Igreja e na sociedade contemporânea, como também a necessidade de potencializar a formação permanente dos sacerdotes, relacionado-a com a dos seminaristas.
Caríssimos, diante de tantas noticias vinculadas nos meios de comunicações de cunho depreciativos sobre alguns sacerdotes ocorridos dentro deste ano sacerdotal podemos observar muitas coisas e aqui as quero citar algumas: Primeiro o Sacerdote apesar de revestido pelo Sacramento da Ordem não anula o seu Ser humano, assim sendo é dotado que qualidades e fraquezas; segundo, que ao invés de sermos propagadores de más noticias devemos é rezar mais: por nós e por nossos sacerdotes; terceiro, nos colocarmos ao lado desses irmãos que doaram suas vidas a serviço da Igreja, do povo de Deus…ajudá-lo na Missão que a eles foi confiada…
Agora pergunto: O QUE VOCÊ FEZ DURANTE ESTE ANO SACERDOTAL PELO SEU PADRE? ou por todos os Sacerdotes que por fraqueza tropeçou durante seu percurso ao caminho da Santidade! Você orou por eles? Fez algum jejum, penitência?… Buscou anima-los na fé?
Encerrando o Ano Sacerdotal peçamos hoje, DIA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, por todos os Sacerdotes do mundo…que Deus os conserve em santidade, concedá-lhes um coração e atitudes de BOM PASTOR, que dá a vida por suas ovelhas!

Festa de Nossa Senhora Rainha da Paz

Bom dia galera, hoje às 20h iniciaremos a festa de nossa Paróquia. Serão 18 dias de festa onde iremos unidos, como uma família elevar a Deus o nosso louvor e gratidão por todas as maravilhas que Ele fez em nosso favor ao longo desses 10 anos de vida paroquial! Que a Virgem Maria Rainha da Paz nos abençoe e continue a guiar nossa Paróquia.

ORIGEM DA NOVENA DAS ROSAS

O Rev. Padre Putigan,SJ no dia 3 de dezembro de 1925, começou uma novena em honra de Santa Terezinha do Menino Jesus, pedindo à milagrosa Santa uma graça importante. nessa intenção começou a rezar, durante a novena, 24 glórias ao Pai, em ação de graças à SS. Trindade, pelos favores e graças concedidos a Santa Terezinha, durante os 24 anos de sua existência terrena. Pediu o padre a Terezinha que lhe desse um sinal de que sua novena era ouvida, e esse sinal seria receber ele de alguém uma rosa. No terceiro dia da novena, uma amiga procura o Padre e lhe oferece uma linda rosa vermelha. No dia 24 do mesmo mês, o padre começou uma segunda novena e pediu uma rosa branca. No quarto dia da novena uma irmã, enfermeira do hospital, trouxe uma linda rosa branca, dizendo: “Aqui está uma rosa que Santa Terezinha envia a V. Revma”.
Surpreendido, perguntou o padre:
– Donde vem esta rosa?
– Fui à Capela onde se acha adornada uma bela imagem de Santa Terezinha, diz a freira, e, ao aproximar-me do altar da santinha, caiu aos meus pés esta rosa. Quis colocá-la de novo na jarra, mas lembrei-me de trazê-la a V. Revma.
O padre, alcançadas as graças pedidas na novena, resolveu propaga-la formando uma cruzada de orações em honra de Santa TerezinhaComo rezar a Novena das Rosas
A Novena consiste na reza diária de 24 Glórias ao Pai, em ação de graças à Santíssima Trindade pelos 24 anos da vida da gloriosa Santa.
Pode-se iniciar a novena em qualquer dia, mas o costume é preferencialmente fazê-la entre os dias 9 e 17 do mês, porque nesses dias muitos outros fiéis estão fazendo a mesma novena em diversas partes do mundo.
Reza-se a seguinte oração, seguida de 24 Glórias ao Pai, sempre finalizadas com a Jaculatória.
Oração:
“Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu Vos agra-deço todos os favores e graças com que enriquecestes a alma de vossa Serva Santa Teresinha do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e pelos méritos de tão querida Santa, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para a salvação de mi-nha alma. Amém”.
Glória ao Pai:
“Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, as-sim como era no princípio, agora e sempre e por todos os sécu-los dos séculos, Amém”.
Jaculatória:
“Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós!”

Santa Terezinha do Menino Jesus “Minha Vocação é o amor”

“Não quero ser Santa pela metade, escolho tudo”.

Francesinha, que nasceu em Aliçon 1873, e morreu no ano de 1897. Santa Terezinha não só descobriu no coração da Igreja que sua vocação era o amor, mas sabia que o seu coração – e o de todos nós – foi feito para amar. Terezinha entrou com 15 anos no Mosteiro das Carmelitas, com a autorização do Papa e sua vida passou na humildade, simplicidade e confiança plena em Deus.

Todos os gestos e sacrifícios, do menor ao maior, oferecia a Deus, pela salvação das almas, e na intenção da Igreja. Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face esteve como criança para o pai, livre igual a um brinquedo aos cuidados do Menino Jesus, e tomada pelo Espírito de amor, que a ensinou a pequena via da infância espiritual.

O mais profundo desejo do coração de Terezinha era ter sido missionária “desde a criação do mundo, até a consumação dos séculos”. Sua vida nos deixou como proposta, selada na autobiografia “História de uma alma”, e como intercessora dos missionários sacerdotes e pecadores que não conheciam Jesus, continua ainda hoje, vivendo o Céu, fazendo o bem aos da terra.

Proclamada principal padroeira das missões em 1927, padroeira secundária da França em 1944, e Doutora da Igreja, que nos ensina o caminho da santidade pela humildade em 1997, na data do seu centenário. ela mesma testemunha que a primeira palavra que leu sozinha foi: ” céus “; agora a última sua entrada nesta morada, pois exclamou : ” meu Deus, eu vos amo…eu vos amo “.